sábado, 18 de abril de 2009

Susan Boyle



Esta gravação, feita dez anos atrás, pela imprevisível Susan Boyle,trazida para a ribalta, pelo programa do Mr Simon Cowell,"Britain’s Got Talent", está a aumentar a popularidade e a fazer "engolir muitos sapos", á ultra segregacionista,e conservadora sociedade britânica.
Um surpreendente porta-voz, da até então desconhecida Susan, anunciou esta manhã, que a gravação posta no Youtube, a noite passada,de uma emotiva interpretação de Cry Me A River, foi gravada há dez anos,pela quarentona escocesa, que até hoje se mantém virgem, no que diz respeito á osculação, segundo confissão da mesma.
Gravada em 1999, esta balada,está incluída num CD, do qual foram impressas mil cópias,destinadas a angariar fundos para uma pequena instituição de caridade, do, "Community Council" em West Lothian, aonde Susan Boyle vive.
A sedutora e emotiva,interpretação de Susan nesta compilação, denominada,The Millennium Celebration, provocou mais uma onda de simpatia a juntar ás que se formaram desde a sua actuação, na ITV, no show de descoberta de talentos, do passado sábado.Vejam.Aqui.
Com a interpretação do I Dreamed A Dream, tema da peça Les Miserables,a desempregada Susan, conquistou globalmente, uma audiência,e uma legião de fãs,impensável há uma semana, a ponto de ter que atravessar o Atlântico, para ir participar nos ultra mediáticos programas de Larry King e de Oprah.
Mas, com todo o mundo a girar á sua volta a uma velocidade impressionante, Susan, mantém os pés bem assentes na terra. Nas várias entrevistas que tem dado, declarou:
"A sociedade moderna, é muito rápida e cruel a julgar as pessoas. Não há muito a fazer acerca disso.As coisas são assim mesmo.Espero que o que me está a acontecer, sirva de exemplo a todos, e lhes ensine algo.".
Isto a propósito do cepticismo,e alguma chacota, com que foi recebida na sua apresentação no "Britain’s Got Talent", tendo "virado" é o termo , não só, mas especialmente o júri, de uma situação de quase desprezo e gozo, par uma atitude de espanto e admiração,a ponto de Simon Cowell, se ter envolvido pessoalmente nas negociações do contrato de gravação desta nova,"rising star". Good Luck, Susan.

Sem comentários: