quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Os ignorados (!?!?), da festa dos Oscares 2009

O cineasta vencedor de um Oscar, Steven Soderbergh realizou uma pequena obra-prima,para alguns, chamada, Che (2008), e dividida em dois capítulos.
Para os Cubanos, o filme é mais do que obrigatório, e é sem duvida uma das mais bem realizadas abordagens, á vida do Argentino, Ché, que goste-se ou não, é um vulto de grandeza mundial, simbolo da entrega total, á luta pela igualdade de direitos e oportunidades, das classes desfavorecidas.
Falado em espanhol, o filme, foi completamente ignorado pela academia.
O igualmente "Oscarado", Benicio Del Toro, interpreta uma versão visceral e espírita de Ernesto Che Guevara.
Tanto Soderbergh quando Del Toro, que inclusive foi agraciado no festival de Cannes , (onde a exibição do filme se prolongou por quatro horas), pelo seu desempenho, ao capturar e transportar para os ecrãs, a alma do guerrilheiro, foram pura e simplesmente “esquecidos” pela academia. Aliás como muitos outros.
Mas dadas as condições actuais da humanidade, com o crescimento descontroladao de multidões, que continuam a passar fome, a serem exploradas, até ao "tutano", a verem os seus direitos básicos, serem espezinhados, não seria de "bom tom", referenciar esta pelicula, como forma de alerta???
Eu quero pensar que se tratam apenas de coincidências. Ou será que aquilo é mesmo só para os amigos bem comportados, e politicamente correctos ?

Sem comentários: