sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Happy Birthday, Peter.

Peter Gabriel, nascido, a 13 de Fevereiro de 1950, completa hoje, 59 anos.
Como forma de homenagem, e presente, aqui vai um pouco da história deste grande musico.
Fundou o Genesis em 1967 enquanto ainda era aluno da Charterhouse School com os seus colegas, Tony Banks, Anthony Phillips, Mike Rutherford e Chris Stewart.
O nome da banda foi sugerido por um outro colega,Jonathan King, que produziu o primeiro álbum da banda, "From Genesis to Revelation".
Apaixonado pela soul music, Gabriel foi influenciado por Nina Simone, Gary Brooker dos Procol Harum e Cat Stevens aka Yusuf, tendo inclusive tocado flauta no álbum de Stevens, "Mona Bone Jakon" de 1970.
Os Genesis tornaram-se rapidamente uma das bandas mais populares em Inglaterra, e posteriormente,Itália, Bélgica, Alemanha e outros países da Europa, amplamente devido á presença de palco de Gabriel, que envolvia diversas mudanças de vestuários bizarros e contos cómicos nas apresentações de cada canção.
Peter Gabriel, abandona os Genesis em 1975. A sua saída , foi o resultado de diversos factores. A decisão foi tomada antes das tournés de suporte do álbum "The Lamb Lies Down on Broadway", mas Gabriel permaneceu na banda até á conclusão da mesma.
O ponto de ruptura, aconteceu com o nascimento da sua primeira filha, Anna. Quando optou por permanecer junto desta e de sua esposa, ao invés de entrar em estúdio,com o resto da banda Peter Gabriel concluiu que deveria sair do grupo.
Os quatro primeiro álbuns a solo, são todos titulados com o seu nome: Peter Gabriel, diferenciados,somente pela arte da capa.Tal ficou a dever-se ao facto de que Peter, quis que eles fossem considerados, uma só obra. Posteriormente foram diferenciados através de uma numeração e pela capa: I Car, II Scratch, III Melt e IV Security.
Para os outros álbuns Peter continuou usando títulos curtos, como: So, Us e Up.Os quatro primeiros foram produzidos entre 1976 e 1977. O seu primeiro sucesso, foi "Solsbury Hill", uma peça autobiográfica,que expressava,o seu pensamento ao sair dos Genesis.
Gabriel,recorreu a Robert Fripp, guitarrista dos King Crimson,para produzir o seu segundo LP, de 1978. Este álbum era mais obscuro e experimental, e não lhe trouxe nenhum hit.
O terceiro álbum, lançado em 1980,foi gravado com a colaboração de Steve Lillywhite, que também produziu os primeiros álbuns dos U2. É notável pelos temas, "Games Without Frontiers" e "Biko",revelando aí, o interesse de Gabriel pela world music,especialmente na percussão, e pela grande produção, que fez uso extenso de truques de gravação e efeitos de som.
Sessões de gravação entre 1981 e 1982 com o produtor David Lord acabaram, na edição de quarto LP, "Security",cuja produção teve mais responsabilidade do cantor.O álbum foi bem sucedido e teve um hit, "Shock the Monkey", que também se tornou num videoclipe inovador.
Gabriel realizou tournés para cada um dos álbuns, continuando as apresentações dramáticas da época do Genesis, envolvendo preparações no palco, faces distorcidas por espelhos e muita maquilhagem. Para uma das tournés, toda a sua banda rapou a cabeça. As de 1982 e 1983,deram origem ao álbum ao vivo "Plays Live".
Apesar de sucesso comercial e com a crítica dos álbuns anteriores, a sua maior popularidade foi atingida em 1986 com "So", de onde sairam temas como: "Sledgehammer", "Big Time" e "In Your Eyes". O álbum foi co-produzido por Daniel Lanois, também conhecido pelo seu trabalho com os U2.
A canção "Sledgehammer" foi acompanhada por um videoclipe inovador, que ganhou diversos prémios no MTV Music Video Awards de 1987, e estabeleceu um novo padrão para a arte na indústria de videoclipes. O mesmo aconteceu para "Big Time", um videoclipe feito em animação com diversos efeitos especiais. Peter iniciou o seu apoio, militante,á Amnistia Internacional nessa época.
Em 1989 o cantor lançou "Passion", a banda sonora do filme de Martin Scorsese "The Last Temptation of Christ". Muitos consideraram o álbum como o "master Piece" do seu trabalho na world music, e com esse álbum Gabriel ganhou o seu primeiro Grammy.
Em seguida foi lançado nos USA,em 1992,também co-produzido por Daniel Lanois, um álbum no qual foram postos a descoberto, os seus problemas pessoais recentes: o fracasso do primeiro casamente, o seu relacionamento com a actriz Rosanna Arquette e a crescente distância com a primeira filha. A introspecção de Gabriel nesse álbum pode ser vista no videoclipe do primeiro tema, "Digging in the Dirt", com o artista coberto de minhocas.Os seus problemas com a filha, foram explorados em "Come Talk To Me", que tem nos coros, Sinéad O'Connor. O'Connor também cantou em "Blood of Eden". Logo após foi lançado o CD duplo "Secret World Live" (1994). Gabriel ganhou mais três Grammys pelos seus videoclipes.
Após um longo periodo de afastamento dos estudios, em que Peter Gabriel se dedicou a outros projectos,lançou "OVO" em 2000 e "Long Walk Home", banda sonora para o filme "Rabbit-Proof Fence" que ganhou o Globo de Ouro.
Em Setembro de 2002 foi lançado "Up",o seu primeiro álbum de estúdio na década, produzido por ele próprio e com menos sucesso comercial.
Gabriel apresentou-se no Live 8 em Julho de 2005, e um DVD do evento foi lançado. Também tocou no palco com Cat Stevens/Yusuf, 33 anos após participar no álbum deste, "Mona Bone Jakon". O evento ocorreu em Joanesburgo durante o concerto para Nelson Mandela. No final de 2005 foi lançado novo DVD duplo, "Peter Gabriel Live & Unwrapped".
A FIFA convidou Peter Gabriel e Brian Eno para organizar a cerimónia de abertura para a final Copa do Mundo de 2006 na Alemanha. Peter,iniciou a preparação do projecto,no Olympic Stadium de Berlim, mas o espetáculo foi cancelado em Janeiro do mesmo ano pela FIFA.
Rumores de uma possível reunião da formação clássica dos Genesis circularam entre 2004 e 2005, especialmente após Phil Collins declarar em entrevista que estavaa aberto à idéia de voltar á bateria e deixar Peter ser o vocalista. Gabriel encontrou-se com os outros membros dos Génesis,em 2005 e 2006, e uma possível tournée para o "The Lamb Lies Down on Broadway" foi discutida. Peter Gabriel, declarou que não estava interessado nesse projecto.Collins, Banks e Rutherford,optaram por levar avante a ideia, e realizaram uma série de concertos, sem Gabriel.
Este,participou na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Turim,a 10 de Fevereiro de 2006, cantando o Peter Gabriel (Chobham, 13 de fevereiro de 1950),fundou o Genesis em 1967 enquanto ainda era aluno da Charterhouse School com os seus colegas, Tony Banks, Anthony Phillips, Mike Rutherford e Chris Stewart.
O nome da banda foi sugerido por um outro colega,Jonathan King, que produziu o primeiro álbum da banda, From Genesis to Revelation.
Apaixonado pela soul music, Gabriel foi influenciado por Nina Simone, Gary Brooker dos Procol Harum e Cat Stevens aka Yusuf, tendo inclusivé tocado flauta no álbum de Stevens, "Mona Bone Jakon" de 1970.
Os Genesis tornaram-se rapidamente uma das bandas mais populares em Inglaterra, e posteriormente,Itália, Bélgica, Alemanha e outros países da Europa, amplamente devido á presença de palco de Gabriel, que envolvia diversas mudanças de vestuários bizarros e contos cómicos nas apresentações de cada canção.
Entre as fantasias mais famosas de Gabriel,que ele desenvolveu como forma de superação do medo de palco, incluem-se o "The Flower" para intrepertar "Supper's Ready", do Foxtrot, "Magog",igualmente para o "Supper's Ready", "Britannia",para "Dancing With The Moonlit Knight," do Selling England by the Pound, "The Old Man",para "The Musical Box", de Nursery Cryme), "Rael" (para quase todo o álbum The Lamb Lies Down on Broadway) e "The Slipperman" (para "The Colony of Slippermen," e também parao The Lamb Lies Down on Broadway.
Peter Gabriel, abandona os Genesis em 1975.A sua saída da banda foi o resultado de diversos factores.A decisão foi tomada antes das tournées de suporte de The Lamb Lies Down on Broadway, mas Gabriel permaneceu na banda até a conclusão da tournée.
O ponto de ruptura, aconteceu com o nascimento da primeira filha de Gabriel, Anna. Quando optou por permanecer junto de sua filha e de sua esposa, ao invés de entrar em estúdio,como o resto da banda Peter Gabriel concluiu que deveria sair do grupo. Esta decisão foi retratada posteriormente na canção "Solsbury Hill".
Os quatro primeiro álbuns a solo,são todos tituladoscom o seu nome: Peter Gabriel,diferenciados,somente pela arte da capa semore diferente Isto ficou a dever-se ao facto de que Peter,quiz que eles fossem considerados, uma só obra.Posteriormente foram diferenciados através de uma numeração e pelo conteúdo da capa:I Car, II Scratch, III Melt e IV Security.
Para os outros álbuns Peter continuou usando títulos curtos, como: So, Us e Up.
Os quatro primeiro álbuns foram produzidos entre 1976 e 1977 com o produtor Bob Ezrin. O seu primeiro sucesso,foi "Solsbury Hill", uma peça autobiográfica,que expressava,o seu pensamento ao sair dos Genesis.
Gabriel trabalhou com o guitarrista Robert Fripp, dos King Crimson, como produtor no seu segundo LP solo, de 1978. Este álbum era mais obscuro e experimental, e não lhe trouxe nenhum hit.
O terceiro álbum, lançado em 1980,foi gravado com a colaboração de Steve Lillywhite, que também produziu os primeiros álbuns dos U2. É notável pelos temas, "Games Without Frontiers" e "Biko",revelando aí, o interesse de Gabriel pela world music,especialmente na percussão, e pela grande produção, que fez uso extenso de truques de gravação e efeitos de som.
Sessões de gravação entre 1981 e 1982 com o produtor David Lord acabaram resultando no quarto LP, "Security", cuja produção teve mais responsabilidade do cantor. Apesar do som peculiar e dos temas motivados pelo distúrbio, o álbum foi bem sucedido e teve um hit, "Shock the Monkey", que também se tornou num videoclipe inovador.
Gabriel realizou tournées para cada um dos álbuns, continuando as apresentações dramáticas da época do Genesis, envolvendo preparações no palco, faces distorcidas por espelhos e muita maquilhagem. Para uma das turnês, toda a sua banda rapou a cabeça. A turnê de 1982 e 1983 incluía uma sessão de abertura com David Bowie,que se confundia com Peter Gabriel, em virtude da maquilhagem, superando Bowie no auge de sua popularidade. As gravações dessa turnê foram lançadas com o álbum ao vivo "Plays Live".
Apesar de sucesso comercial e com a crítica nos álbuns anteriores, a sua maior popularidade foi atingida em 1986 com "So", de onde sairam temas como:"Sledgehammer", "Big Time" e "In Your Eyes". O álbum foi co-produzido por Daniel Lanois, também conhecido pelo seu trabalho com os U2.
A canção "Sledgehammer" foi acompanhada por um videoclipe inovador, que ganhou diversos prêmios no MTV Music Video Awards de 1987, e estabeleceu um novo padrão para a arte na indústria de videoclipes. O mesmo aconteceu para "Big Time", um videoclipe feito em animação com diversos efeitos especiais. Peter apoiou a Amnistia Internacional nessa época.
Em 1989 o cantor lançou Passion, a banda sonora do filme de Martin Scorsese "The Last Temptation of Christ". Muitos consideraram o álbum como o "master Piece" de seu trabalho na world music, e com esse álbum Gabriel ganhou o seu primeiro Grammy.
Em seguida foi lançado nos USA,em 1992,também co-produzido por Daniel Lanois, um álbum no qual foi explorado problemas pessoais recentes; o seu fracasso do primeiro casamente, o seu relacionamento com a actriz Rosanna Arquette e a crescente distância com a primeira filha. A introspecção de Gabriel nesse álbum pode ser vista no videoclipe do primeiro tema, "Digging in the Dirt", com o artista coberto de minhocas.Os seus problemas com a filha, foram explorados em "Come Talk To Me", que tem nos coros, Sinéad O'Connor. O'Connor também cantou em "Blood of Eden". Logo após foi lançado o CD duplo "Secret World Live" (1994). Gabriel ganhou mais três Grammys pelos seus videoclipes.
Após um longo periodo de afastamento dos estudios, em que Peter Gabriel se dedicou a outros projectos,lançou OVO em 2000 e Long Walk Home, banda sonora para o filme "Rabbit-Proof Fence" que ganhou o Globo de Ouro.
Em Setembro de 2002 foi lançado "Up",o seu primeiro álbum de estúdio na década, produzido por ele próprio e com menos sucesso comercial.
Gabriel apresentou-se no Live 8 em Julho de 2005, e um DVD do evento foi lançado. Também tocou no palco com Cat Stevens/Yusuf, 33 anos após participar no álbum deste, "Mona Bone Jakon". O evento ocorreu em Joanesburgo durante o concerto para Nelson Mandela. No final de 2005 foi lançado novo DVD duplo, "Peter Gabriel Live & Unwrapped".
A FIFA convidou Peter Gabriel e Brian Eno para organizar a cerimónia de abertura para a final Copa do Mundo de 2006 na Alemanha. Peter começou o projeto no Olympic Stadium de Berlim, mas o espetáculo foi cancelado em Janeiro do mesmo ano pela FIFA.
Rumores de uma possível reunião da formação clássica dos Genesis circularam entre 2004 e 2005, especialmente após Phil Collins ter declardo, em entrevista que estava aberto à idéia de voltar á bateria e deixar Peter ser o vocalista. Gabriel encontrou-se com os outros membros em 2005 e 2006, e uma possível tournée para o "The Lamb Lies Down on Broadway" foi discutida. Apesar de Gabriel ter declarado que não se tinha interessado pelo projecto, Collins, Banks e Rutherford escolheram embarcar numa série de concertos dos Genesis mesmo sem Gabriel.
Este,participou na cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, em Turim,a 10 de Fevereiro de 2006, cantando o "Imagine" de John Lennon
Peter Gabriel também teve sua música "Down to Earth" como banda sonora do filme WALL-E (2008), e foi uma das nomeadas para o Oscar.

Peter Gabriel - Whole Thing

1 comentário:

Enaldo disse...

Parabéns pelo blog!

Gostaria de aprofundar um pequeno detalhe. Foi Phil Collins que desistiu de uma possível reunião do Genesis em 2005,porque não estava disposto a tocar as "canções obscuras" de The Lamb lies down on Broadway.Por outro lado,Peter Gabriel não via sentido em participar de canções após a sua saída,em 1974. Steve Hackett quis, até os últimos momentos, participar da turnê de 2007, recebeu a simpatia de Banks e Rutherford,mas foi vetado por Collins. Eu tirei estas informações do documentário de "When in Rome" e do livro "Genesis, chapter & verse".

Enaldo.

www.panoticum.blogspot.com